17 junho 2017

A CARA DE "CAPETA" DOS ENDIABRADOS...

Temer sabia de tudo e propina era silêncio de Cunha, diz Joesley

O empresário Joesley Batista, principal acionista do Grupo J&F, prestou um novo depoimento à Polícia Federal na manhã desta sexta-feira, 16, no inquérito em que o presidente Michel Temer é investigado pelos crimes de corrupção passiva, obstrução de Justiça e organização criminosa. 
Reafirmou aos investigadores da Operação Patmos as declarações prestadas no âmbito do seu acordo de delação. As informações são do Estadão.
O depoimento de Joesley e outros prestados nos últimos dias pelo corretor Lúcio Bolonha Funaro, pelo ex-assessor de Temer e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) – também alvo do inquérito – e pelo diretor jurídico da J&F, Francisco de Assis, serão usados na denúncia a ser oferecida pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra o presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário