29 novembro 2017

ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL TORRA QUASE MEIO MILHÃO DE REAIS DE DINHEIRO PÚBLICO EM POUCOS DIAS

Prezados leitores, é muito comum, um prefeito Ignorar a população, fuxicar, mentir, falar que faz e acontece, enganar as pessoas, passar o ano sem uma obra marcante no município, rir da desgraça alheia, etc., etc., etc.. Isto é desgraçadamente comum na política atualmente.

No caso de Laranjeiras do Sul, mentir ao povo sobre a UTI, mentir sobre Unidade de Hemo Diálise, sobre asfaltamento da cidade, com os agricultores enfrentando estradas em péssimas condições para escoar a safra, brincam com a segurança e com a saúde das pessoas, etc., até ai nada de anormal em se tratando desta carcomida classe política brasileira, em todas as esferas de poder.

Aqui, debaixo do nariz dos laranjeirenses, licitaram empresas para iluminar a Praça Central e dois portais de entrada da cidade para o natal e contrataram empresa para efetuar a ornamentação do Ginásio de Esportes Laranjão para o Festival Laranja da Canção. 

Vejamos:
1 - Pregão presencial número 137/2017, no valor de R$ 23.342,36, datado de 21 de novembro de 2017, empresa vencedora do certame, Eletrolar Laranjeiras do Sul Ltda - ME;

2 - Pregão Presencial número 130/2017, vencedor do certame, empresa Campanha do Natal Ltda - ME, no valor de R$ 255.000,00

3 - Pregão presencial para contratação de empresa de Materiais para ornamentação de eventos. Presume-se que seria para ornamentação do Ginásio de Esportes Laranjão, para o Festival Laranja da Canção. 
Pregão Presencial número 134/2017, vencedor do certame a empresa N.O Lima Decorações - ME, no valor de R$ 139.499,70.

Caros leitores, um prefeito autorizar despesas de quase meio milhão de reais com futilidades, sabendo dos problemas que a cidade tem, é um verdadeiro bufete na cara dos laranjeirenses.

Isto prefeito malazarte, é zombar da gente da nossa cidade e gozar da cara dos participantes do festival, que teve como premio aos campeões gerais de cada categoria, míseros R$ 1.400,00 - 1.000,00 - 500,00 reais, respectivamente. 

Diga-se de passagem, festival realizado no local onde foram gastos com contratação de empresa somente para ornamentação do local, nada menos que  R$ 139.499,70.

Não que a premiação paga fosse uma miséria, pois as coisas estão mesmo muito difíceis, mas, no contexto global do festival, onde somente com a ornamentação do local foram gastos praticamente R$ 140.000,000, tenha dó.

E com a maior cara de galhofo, o prefeito malazarte aparece em imagens rindo como que se estivesse tendo um orgasmo, ao bater de chapa, na cara da sociedade laranjeirense.

Vamos estabelecer aqui um comparativo simples:
Uma empresa local, da iniciativa privada, sem vínculos com o poder público, realizou evento de Futebol Sete, na cidade e pagou aos primeiros colocados valores bem diferentes dos que a prefeitura pagou aos vencedores do Festival Laranja da Cação.

Premiação Copa de Futebol Sete
R$ 5.000,00 para o Campeão; 
R$ 3.000,00 para o Vice Campeão; 
R$ 2.000,00 Para o Terceiro Colocado


Cá entre nós: 
Uma prefeitura, com Orçamento Anual para 2018, encaminhado a Câmara Municipal para análise a poucos dias, estimado em R$ 88.250.000,00, (oitenta e oito milhões duzentos e cinquenta mil reais), pagar R$ 1.400,00 para o campeão geral do festival, é ou não, um acinte? Um tapa na nossa cara?

Não poderiam ter economizado 25 ou 30 mil na iluminação da Praça para o Natal? 

Mais uns 30 mil na ornamentação do ginásio? 

Estão gastando R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), conforme Editais de licitações, publicado em Órgão Oficial do município, com a iluminação da Praça José Nogueira do Amaral e Portais de Entrada da Cidade. 
Aonde é que irão enfiar tanto dinheiro? 

Tem cabimento isto caro leitor? Não é de se revoltar contra esta classe de políticos descarados, mentirosos, improbos? 

A questão está posta, analise e tire suas próprias conclusões.

           Estamos de 




Nenhum comentário:

Postar um comentário