01 março 2018

SERÁ QUE TUDO NESSE PAÍS É FALCATRUA? ESTA GENTE PERDEU A VERGONHA? PERDERAM O SENSO DO RIDÍCULO?

Caros leitores, bom dia!

Matéria estampada na Revista Veja, aponta para uma situação gravíssima no Brasil, que se os governos atual e futuro não tomarem providências contra a ousadia dos bolhas que comandam as principais instituições de Ensino Superior no país, a coisa poderá ficar ainda pior do que já está.



A matéria diz que depois da UnB e da Unicamp, mais três universidades confirmam que farão atividades especiais críticas ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2016, classificando o processo como um “golpe de estado”. 

As universidades federais da Bahia (UFBA) e do Amazonas (Ufam) oferecerão disciplinas optativas enquanto a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) programa um curso livre, aberto a alunos e professores da instituição.
Ou seja: UNB, UNICAMP, UFBA, UFAM e UEPB, Cinco universidades públicas terão cursos sobre ‘golpe de 2016’

Ou o governo brasileiro toma providências urgentes, coloca brasileiros desprovidos de caráter partidário e de ideologias comunistas e de guerrilha, no comando destas universidades, ou de nada adiantará termos eleições de 4 em 4 anos.

De que adiantaria nos inspiramos na democracia plena, nos vangloriarmos de sermos um país democrático, se as principais instituições do país continuarem sendo exploradas por mercenários disfarçados de "intelectuais", propineiros desvairados, defensores do quanto pior melhor?

E que tentam a qualquer custo se impor contra a justiça e a ordem moral e ética do país, ao defender bandidos e quadrilheiros condenados por desviu de dinheiro público e roubalheira escancarada? Isto é inadmissível.

Ou nós limpamos agora as instituições e as colocamos em mãos que representem as vontades das maiorias, ou teremos muitas dificuldades em fazer valer o que é certo, bom e direito nesse país. 

Acorda Ministro da Educação, isto não pode ser colocado como matéria de sala de aula em universidades. 
O máximo que se pode admitir em uma situação como esta, é que se discuta o tema e se emita nota oficial, de cada instituição, quando o tema for debatido em seminário extra curricular, ai sim,  estampando os posicionamentos das maiorias. 

Acorda STF, acorda Congresso Nacional, o IMPEACHMENT ocorreu sob a égide da legislação e não pode ser alvo de protesto por funcionários públicos e instituições que devem obediências à lei e a ordem, pois representam o estado e a nação. 
Esta gente tem que se submeter as regras gerais que regulamentam as instituições e os currículos escolares do país. 

Ou estes bolhas querem se vingar dos brasileiros por que seus "pupilos do PT  e demais comunistas" foram flagrados roubando o país? 

Resta comprovado:
Onde estes torpes governaram foram constatados desvios, falência das instituições, uso de instituições públicas para abrigar guerrilheiros, quebradeira de estados e da nação e a desmoralização total da coisa pública.

O que mais vocês querem? Ora, tenham vergonha seus pilantras...
Estamos de
      

Nenhum comentário:

Postar um comentário