18 maio 2018

UTI: UMA REALIDADE QUE DEPENDE DA PRESSÃO DO POVO DE LARANJEIRAS DO SUL

Voltando ainda ao caso UTI, em Laranjeiras do Sul, cabe-nos alertar a população sobre a origem dos recursos e trâmites legais para o repasse.

A governadora do Paraná, autorizou a liberação de R$ 780.000,00 para compra de equipamentos para UTI, no município de Laranjeiras do Sul, mas estes recursos somente serão repassados para a o município, depois que o prefeito assinar convênio com a Secretaria de Estado da Saúde.

Agora depende do prefeito, do secretário da saúde, da assessoria jurídica do município, que a população paga e paga muito bem. 

Cabe a eles priorizar as ações, ajustar as pendências e apresentar ao estado o projeto de implantação da UTI, para que o dinheiro seja repassado. 
Já está liberado pela governadora Cida Borghetti e será repassado, depois da apresentação de toda a documentação necessária, pelo órgão municipal.

Agora cabe a sociedade cobrar, fiscalizar e fazer com que a UTI se torne uma realidade. 

Vamos ver a cargo de quem ficará a contratação dos médicos especialistas, esta especialidade é exercida por médicos intensivistas com formação específica, embora frequentemente profissionais de outras especialidades como pneumologia e nefrologia atuem como plantonistas em diversas unidades. 

A região Cantuquiriguaçu necessita desta Unidade de Tratamento Intensivo, e, lamenta a escuridão que vivemos no meio de Guarapuava, Cascavel e Pato Branco.

Vamos ajudar no que nos couber, principalmente no tocante a divulgação e publicidade dos atos, mas o que nos cabe neste momento de eleição, é precisamente impedir que a sociedade seja vítima de mais uma mentira, de mais um engodo eleitoral.

A eleição está ai, esperamos que não seja mais uma enganação do prefeito Berto Silva, por que a governadora Cida Borghetti, não tem bola de cristal, ela não tem obrigação de saber em que pé estão os trâmites para implantação de UTIs nos municípios.

O espaço físico e a documentação para implantação de Unidade de Tratamento Intensivo, tem que ser apresentado pelo município. 

Depois de concretizado a parte burocrática para implantação da UTI, ai sim, o estado repassa o recurso que já foi destinado para Laranjeiras do Sul, pelo governo estado.

Depois de vistoriado e aprovado o local, depois de assinado o convênio, contratados os médicos intensivistas, depois do aval da Secretaria de Estado da Saúde ou do Ministério da Saúde, ai sim, o dinheiro será depositado na conta da entidade.

Descrença da população:
A população fica com um pé atrás como se diz na gíria popular, por ter sido várias vezes enganada com mentiras. 

A primeira mentira foi o vectra (o chamado carro de luxo), de 60 mil reais que o ex-prefeito Claudir Justi havia adquirido para a prefeitura. 
O então radialista Berto Silva, fez um cavalo de batalha em cima da compra do vectra pelo município, ganhou a eleição em cima daquela mentira, e, depois que assumiu a prefeitura comprou um Malibu, um carro de luxo de quase 200 mil reais.

Estrada de Ferro:
A segunda mentira foi a estrada de ferro que iria passar pela comunidade do Erval Grande, vinda de Chapecó, trazendo progresso e desenvolvimento. 
Esta foi a maior covardia que o então candidato Berto Silva, fez com uma comunidade que não tinha nenhuma obrigação de saber que estava sendo enganada. 
Quem tinha que ter tido competência para desmascará-lo eram seus concorrentes, que não foram competentes o bastante para desmenti-lo e muito menos para ganhar a eleição.

LOPESCO:

A terceira mentira veio com a Lopesco, a grande enganação de 700 empregos, que chegaram a cadastrar as pessoas, dando como certa sua contratação se o prefeito Berto Silva ganhasse a eleição.

IML e Delegacia da Mulher:
A quarta mentira foi o IML e a Delegacia da Mulher. Fizeram uma verdadeira Zorra na cidade, reuniram funcionários temporário e comissionados e os obrigaram a sair pregando estas mentiras, sob pena de serem sumariamente demitidos.

UTI:
Depois veio a mentira da UTI, enganaram a população, mentiram, fizeram farra com notícias falsas, encheram a cidade de placas dizendo que a UTI era uma realidade em Laranjeiras do Sul.

Outra vez UTI e Delegacia da Mulher:

E agora novamente estão voltando com a Delegacia da Mulher e com a UTI. 
Foram à imprensa, anunciaram, fizeram entrevistas, colocaram outdoor em praça pública, mentiram o quanto puderam e nada de Delegacia da Mulher, e nada de UTI.

Surge uma luz no fim do túnel:
O Palácio Iguaçu liberou os recursos para implantação da UTI em Laranjeiras do sul e aguarda agora a manifestação da prefeitura.


Agora quem tem que parar de mentir para o povo e agir na defesa do cidadão laranjeirense, é o prefeito Berto Silva, vulgo Malazarte.  Ao povo cabe monitorar, ficar atento e intensificar a fiscalização.

Está ai a resposta aos que nos perguntam por que a alcunha de Malazarte ao prefeito Berto Silva. 
Quem não lembra das trambicagens e falcatruas do malandro Pedro Malazarte?
Estamos de:

Nenhum comentário:

Postar um comentário